Let me love you?
"Somente uma coisa me faria bem agora. Seria adormecer com a cabeça no seu colo, você me dizendo bobagenzinhas gostosas para eu esquecer a ruindade do mundo" - Clarice Lispector
theme meninacalada - det. chasing69
“Quem briga se ama.”
Desconhecido.   (via serapoetisa)

“O telefone que não toca, a saudade que não se esvai e esse sentimento que não diminui. A falta que não é suprida, a carta que você se esqueceu de me escrever ou teve preguiça de levar até o correio. O e-mail que não chegou ou talvez a sua internet não esteja mesmo muito boa. Não te vejo, mas te procuro. Só que os teus sinais são indecifráveis. Só que eu falo a língua do amor e você é do tanto faz. Eu sou o agora e você o amanhã. Eu simplesmente não compreendo. Porque os opostos deveriam se atrair, mas nos só estamos nos afastando. E o meu querer, sozinho, se torna nulo. Meu orgulho é frágil, você sabe, se fere com o teu silêncio e me impede de te procurar mais vezes. Sua perseguição inconsciente me tortura. Porque você está em toda parte, em cada pessoa que tenha um pouco dos traços do teu rosto, no rádio quando o ligo e sua banda favorita está lá, tocando. Vejo uma mancha na parede e o meu desejo de você faz aquela coisa tomar forma e se parecer contigo. Sua cor favorita foi vestida pelo mundo e me impede de te esquecer nas horas que sucedem o meu sono. É enlouquecedor te ter em toda parte e não te ter nunca. Porque você não se decide se me mata logo de amor ou se continua a me torturar com essa ausência constante e presente.”
Querido John e Casebre.  (via thiagopolycarpo)

“Jamais espere ouvir “eu te amo” num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa. O amor odeia clichês. Você vai ouvir “eu te amo” numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender.”
Martha Medeiros  (via doistonsdeamor)

“Como se pra gostar de alguma coisa ela tivesse que ser perfeita.”
PC Siqueira.  (via serapoetisa)

“Quando você é criança, cai, rala o joelho e chora como se fosse a pior dor do mundo. Depois você cresce, então vem a vida e te obriga a aprender que ralar o joelho não dói nada, e que os machucados que mais doem, ficam no coração.”
A culpa é mesmo das estrelas?   (via remanejar)

“E que eu não perca essa imensa vontade de ser feliz.”
Raphael Henrique, Desalentou.    (via ev0lui)

Só não morri de preguiça ainda, porque tenho preguiça de morrer.




ô moreno, se liga na parada, minha mãe não pariu nenhuma otária.


- Ask Meus 1st Page - Bye